Conheça três projetos da 2° edição do Realiza Cuesta que atuam no fortalecimento da cultura e dos artistas locais

REALIZA CUESTA

A cultura local é foco em três negócios selecionados no Realiza Cuesta:  Garage, anDanças e Arte em Prática.

Seja oferecendo espaços para realização de espetáculos de música, dança e teatro, ou na oferta de serviços para o desenvolvimento de projetos culturais, as três iniciativas  atuam no fomento da geração de  emprego e renda para artistas independentes, impulsionando ainda mais o protagonismo da Economia Criativa na Cuesta Paulista.

Garage

paulovitor garage

O espaço Garage, idealizado pelo produtor cultural  Paulo Matias, nasceu em 2018 como um novo conceito de espaço de cultura alternativa e independente em Botucatu – SP. Inspirado em modelos espalhados pelo mundo, o espaço tem objetivo de atender às demandas culturais da região, oferecendo uma programação diversificada com eventos gastronômicos, artísticos e sociais.

“Estar participando do programa [Realiza Cuesta] é muito interessante, porque me permite conhecer novas pessoas e criar novas possibilidades de trabalho. Dessa experiência vão surgir ótimos frutos para desenvolvermos juntos”, explica Paulo. 

Por acreditar no poder das artes e da cultura para o desenvolvimento socioeconômico, o idealizador do espaço espera que ele contribua para a valorização dos artistas locais, por meio de formação e oportunidades que tragam geração de renda.

anDançasrodrigocardoso

A anDanças é uma produtora de eventos culturais de Botucatu-SP, idealizada pelo  professor de yoga e estudante de educação somática, Rodrigo Cardoso, em 2019.  O empreendedor atua  de forma independente, mas conta com o apoio de muitos parceiros para realizar produções em formato online e presencial, tendo um papel importante de articulação no setor cultural da região da Cuesta Paulista. 

“Estou amando o Realiza Cuesta, superou as expectativas das metodologias de ensino e estou fazendo novas amizades. Estou feliz por estar participando do programa”, conta Rodrigo.

Rodrigo acredita que a dança ativa a sensibilidade das pessoas diminuindo a ansiedade e os sentimentos negativos, proporcionando bem-estar físico, mental e espiritual. Por isso,   em seus eventos se compromete em oferecer um ambiente seguro para a troca de cuidado e acolhimento.

Arte em Práticapoli e gabriela

A Arte em Prática é uma assessoria para artistas independentes que querem se organizar de forma profissional, idealizada pelas advogadas e artistas Poli Brasil e a Gabriela Constâncio, de Botucatu-SP.

A iniciativa apoia os artistas desde o desenvolvimento do projeto até a prestação de contas, oferecendo assessoria para que estes profissionais acessem recursos públicos e privados via editais e leis de incentivo.

“A experiência tem sido muito boa. A troca com certeza vai agregar muito, temos muitas expectativas. No primeiro dia já entendemos que precisávamos desacelerar para  conseguir seguir com os nossos objetivos”, diz Poli Brasil.

A Arte Em Prática tem o propósito de possibilitar que os artistas vivam da sua arte de forma digna e ainda se propõe a compartilhar conhecimentos técnicos que aumentam a qualidade dos serviços culturais oferecidos na região da Cuesta Paulista.

Conheça os projetos selecionados na 2º edição do Realiza Cuesta

REALIZA CUESTAligia

Realiza Cuesta tem como missão apoiar empreendedores da Economia Criativa da região da Cuesta Paulista, que possuem negócios em estágio inicial.

A 2º edição selecionou 14 empreendimentos, que estão sendo apoiados por meio de uma jornada de desenvolvimento integrado com duração de seis meses, além de um prêmio de até R$5.000,00 no final do percurso. 

A preocupação com a sustentabilidade e a valorização do artesanato são propósitos importantes para muitos empreendedores selecionados no edital. Os projetos Inklusive,  Mocó dos Mita e Verd+ são exemplos de como é possível encontrar harmonia entre esses dois elementos.

Inklusive

inklusive

Empreendedora Juliana Brito

A Inklusive, idealizada por Juliana Brito, moradora da cidade de Botucatu – SP, nasceu em 2021 de experimentos e aprendizados adquiridos durante a sua formação em artes, a marca tem como propósito celebrar e valorizar a diversidade. 

O portfólio da marca é composto por ecobags em algodão cru, algodão estampado, juta,  bio bijuterias e chaveiros. Todos os trabalhos são pintados à mão com técnica de stencil e confeccionadas a partir de madeira de reaproveitamento, retalhos em MDF e de sobras de tecidos, buscando a preservação do impacto ambiental.

“Estar participando do programa é incrível, está sendo em um momento muito especial da minha vida. Estar aqui podendo criar e rever tudo é uma oportunidade única e sou grata pela oportunidade”, diz a empreendedora.

Mocó dos Mita

MG

Empreendedora Izabel Leite

Idealizado em 2019 pela empreendedora Izabel Leite, de Bofete – SP, o Mocó dos Mita é uma marca de decoração de interiores. 

O negócio começou com hobby para presentear amigos e familiares. Entre as criações da artista estão vasos de cimento decorados e macramê para arranjos com plantas ornamentais.

“Estou muito feliz de estar participando do Realiza Cuesta, pois vejo como uma oportunidade grande de capacitação. Vai possibilitar que meu negócio impacte ainda mais, estou cheia de expectativa para adquirir conhecimento e novas conexões”, conta Izabel.

Verd+

MG

Empreendedor Felipe Arruda

O Verd+ é um negócio de impacto que atua com a venda de arranjos florais, serviços de jardinismo e paisagismo, localizado em Botucatu – SP,  criado pelo artista Felipe Arruda. 

O negócio tem como objetivo profissionalizar os processos artísticos e atuar de uma maneira integrada social, ambiental, econômica e culturalmente com o conceito de conectar as memórias afetivas por meio de experiências sensoriais. 

“Estou muito contente de fazer parte do Realiza Cuesta. É a primeira vez que conheço o Instituto Jatobás e me identifiquei com as causas que eles abrangem como sustentabilidade e criativa. Estou muito motivado!”, disse Felipe. 

Parte do lucro do empreendimento é destinado ao Jardinarte, projeto que também foi criado por Felipe e que tem a missão de cultivar encontros de consciência social, ambiental e artística para pessoas em situação de vulnerabilidade social. 

Realiza Cuesta fortalece empreendedores da Economia Criativa na região da Cuesta Paulista

REALIZA CUESTA

Em setembro de 2021, o Instituto Jatobás em parceria com o SEBRAE, deu início a 2° edição do  Realiza Cuesta, iniciativa que tem como missão  apoiar 14 empreendimentos da Economia Criativa da região da Cuesta Paulista, em São Paulo, por meio da  Jornada de desenvolvimento integrado com duração de seis meses, além de um  prêmio de até R$5.000,00 no final do percurso. 

Clique aqui para saber mais sobre os critérios do edital Realiza Cuesta.

“A Jornada do Realiza Cuesta é uma jornada integrada, que olha para as habilidades técnicas necessárias ao empreendedor e também para o desenvolvimento do potencial humano. Através de mapas de perfil individuais e do grupo, nós customizamos conteúdos e práticas que possibilitam o trabalho de reconhecimento e ampliação dos potenciais individuais e coletivos”, conta Lígia Carnicelli, responsável pela área Jornadas dos Agentes Transformadores do Instituto Jatobás. “Nosso objetivo é que os participantes saiam conscientes de seus papéis nas suas relações e nas suas comunidades e possam impactar a região de maneira positiva através de seus negócios de economia criativa”, completa.

REALIZA CUESTA                                         Encontro realizado em outubro de 2021 na Fazenda dos Bambus em Pardinho-SP

Durante a Jornada, que encerra em abril deste ano, os empreendedores passarão por oficinas para o desenvolvimento do potencial humano e o aprimoramento das competências e habilidades técnicas. Também serão oferecidas mentorias individuais e capacitações em temas como: comportamento empreendedor, modelo de negócio, plataforma Canva, pesquisa de mercado, jornada do cliente, gestão financeira, fontes de financiamento, marketing e comunicação, formalização e encontros de fortalecimento de rede etc. 

O Realiza Cuesta evidencia os profissionais que atuam dentro da Economia Criativa, para que eles possam ter uma jornada de desenvolvimento no seu trabalho. Porque a gente sabe a dificuldade que é empreender. Não só financeira, mas emocionalmente é um desafio enorme e a jornada permite que eles tenham um preparo,” conta Vitor Souza, responsável pela economia criativa do Instituto Jatobás.

Mapeamento da Economia Criativa

Em agosto de 2021, o Instituto Jatobás realizou o primeiro mapeamento da Economia Criativa, feito a partir da escuta de profissionais da área da cultura da região da Cuesta Paulista. 

“Por meio do mapeamento nós conseguimos entender um pouco sobre o perfil dos empreendedores e artistas da região, qual  a idade, quais são as principais necessidades e os maiores empecilhos na hora de desenvolver seus projetos ou negócios”, ressalta Vitor Souza.

De acordo com Vitor, o mapeamento garante a inclusão da Cuesta como uma área de desenvolvimento criativo, permitindo que empresas, investidores e instâncias governamentais possam agir e garantir as estruturas necessárias para o crescimento econômico e social de toda região. 

O que é?

A principal matéria-prima da Economia Criativa é o capital intelectual. Os empreendedores desse segmento criam produto e/ou serviço, como ferramentas para o desenvolvimento econômico, social e cultural da sociedade.

A Economia Criativa é dividida em quatro áreas:  

  • Consumo: design, publicidade, marketing e moda;
  • Cultura: expressões culturais, patrimônio e artes, música e artes cênicas; 
  • Mídia: editorial e audiovisual;
  • Tecnologia: P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), bibliotecologia e TIC (desenvolvimento de softwares, sistemas, consultorias etc).

Segundo um estudo nacional realizado pela FGV em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa e o Sebrae, em 2020 foram gerados pela Economia Criativa 1,5 milhões de empregos, atingindo a participação de 3,9% do PIB do Estado. No Brasil, o setor é responsável por 4,9 milhões de trabalhos criativos na economia mundial. 

 

Instituto Jatobás inicia Jornadas de desenvolvimento com líderes da Cuesta Paulista

JornadaLideres Cuesta

O Instituto Jatobás iniciou a Jornada de Líderes para integrantes do grupo de governança e planejamento do Programa Sebrae de Turismo, implementado na região da Cuesta e realizado pelo Sebrae SP em parceria com o Polo Cuesta.

A Jornada de Líderes tem como objetivo colaborar para o trabalho de governança, aperfeiçoamento das capacidades de liderança e cocriação do grupo, por meio do desenvolvimento humano e do aprimoramento de competências e habilidades técnicas.

A primeira turma é composta de 25 participantes entre gestores públicos, empresários, secretários de turismo e cultura dos municípios de Avaré, Bofete, Botucatu, Itatinga, Pardinho, Pratânia e São Manuel.

“Acreditamos no potencial deste grupo e na sua atuação colaborativa, com busca ativa de soluções conjuntas, de maneira consciente e efetiva para promover mudanças positivas no território da Cuesta Paulista. E já temos programação para outras turmas de lideranças em 2022.”, afirma Madalena Carneiro, Coordenadora de Desenvolvimento Regional do Instituto Jatobás

O primeiro encontro aconteceu no dia 05 de outubro na Fazenda dos Bambus. Durante todo o dia, os participantes realizaram atividades que envolveram o fortalecimento do trabalho colaborativo e criação de um espaço seguro de aprendizagem. Juntos levantaram valores importantes e exploraram características individuais e coletivas relacionadas à liderança através da análise de seus perfis pessoais.

“Participar do primeiro encontro da Jornada foi uma experiência incrível de autoconhecimento e de aproximação com a governança da região dos municípios que compõem o Polo Cuesta. Certamente ela nos proporcionará o fortalecimento individual, das instituições  e do grupo contribuindo para o estabelecimento de relações entre os atores de maneira integral,  sistêmica e comprometida com o desenvolvimento da região” afirmou  Eduardo Nascimento Jesus, gerente do Sebrae Botucatu.  

Durante 60 horas de atividades, serão trabalhados conteúdos nas esferas das experiências e comportamentos individuais e também as relações do indivíduo e do grupo com suas comunidades, territórios e região, de forma que se tornem agentes ativos na construção de uma trilha coletiva, solidária, sustentável e próspera. 

“A Jornada vem de encontro com o que estamos realizando no Polo Cuesta e nos sentimos muito gratos em participar e na conexão de atores do ecossistema do turismo da região. Nesse momento de capacitação, poderemos compreender como cada representante poderá contribuir para essa cadeia produtiva do Turismo.” diz Thiago Henrique Donini, Diretor Executivo do Polo Cuesta.

A Jornada de Líderes segue até o primeiro semestre de 2022, com encontros presenciais e virtuais e participação de convidados dentro das temáticas de conhecimento propostas.

A atuação do Instituto Jatobás na região da Cuesta Paulista

O potencial turístico e criativo de uma região é um dos fatores que podem potencializar o desenvolvimento e crescimento econômico e social de um território, fortalecendo a sociedade e transformando a vida de milhares de pessoas.

Com essa crença, o Instituto Jatobás, que atua na cidade de Pardinho há mais de 15 anos promovendo a cultura raiz, o bem-estar e apoiando as políticas públicas, ampliou suas ações com o objetivo de fomentar o desenvolvimento territorial de toda a região da Cuesta Paulista. Para isso, o Instituto busca apoiar o fortalecimento da governança, da articulação entre atores relevantes da região e das conexões em rede para viabilizar projetos e o fomento à cadeia da Economia Criativa.

Em agosto de 2021, o Instituto, em parceria com o Instituto Locomotiva e a Giallo Marketing, lançou o primeiro Mapeamento da Economia Criativa da Cuesta Paulista, que buscou compreender as potencialidades e identificar oportunidades em toda a cadeia da Economia Criativa da região.

As ações de fomento foram iniciadas em 2021 e estão previstas ampliações para o ano de 2022.

Evento apresenta pela primeira vez o cenário da Economia Criativa da região da Cuesta Paulista

evento economia criativa

Resultados do 1º Mapeamento Economia Criativa – Cuesta Paulista serão apresentados em evento online no dia 13 de agosto

No dia 13 de agosto, das 10h30 às 13h, acontece o evento Mapeamento da Economia Criativa da Cuesta Paulista – Resultados e Oportunidades , promovido pelo Instituto Jatobás para apresentar os resultados do 1º Mapeamento Economia Criativa – Cuesta Paulista. 

Realizado pelo Instituto Jatobás e correalizado pela Giallo Marketing e Instituto Locomotiva e com apoio do Polo Cuesta e Sebrae SP, o 1º Mapeamento Economia Criativa – Cuesta Paulista coletou respostas no período de 04 a 25 de abril 2021.

O estudo teve como objetivo primário o mapeamento, compreensão das potencialidades, identificação de oportunidades e fomento do trabalho de artistas, produtores e empreendedores da Cuesta Paulista, em toda a cadeia da Economia Criativa. Como objetivo secundário, o estudo busca fundamentar um Plano de Desenvolvimento e Fortalecimento Econômico Regional. 

“Neste evento iremos compreender melhor a dinâmica e o potencial desse setor produtivo, os pontos a serem desenvolvidos, as oportunidades e os desafios. O estudo servirá de base para todos nós, trazendo informações importantes sobre a cadeia produtiva – artística, cultural e criativa – visando o fomento da cadeia, a promoção da organização em rede para gerar conexões e oportunidades e visibilidade dos agentes que, consequentemente, potencializam a identidade cultural, o reconhecimento local e o Turismo da Cuesta Paulista”, afirma Madalena Carneiro, gestora de projetos do Instituto Jatobás.

Além dos resultados, o encontro contará com a palestra de Ana Carla Fonseca, diretora da Garimpo de Soluções e referência em Economia Criativa, Cidades Criativas e Negócios Criativos, que abordará a Economia Criativa na prática em pequenos municípios, apresentando cases, inspirações e o impacto positivo que gera no desenvolvimento dessas cidades. 

O evento contará com a presença de atores fundamentais do ecossistema da Economia Criativa da região e convida empreendedores, artistas e profissionais do setor, instituições de fomento e interessados no tema para participarem online pela transmissão via YouTube. 

Para participar, inscreva-se no link https://bit.ly/economiacriativanacuesta.

 

Conheça os selecionados para a Mentoria Individual de Projetos Culturais

WhatsApp Image at

Ação visa apoio no desenvolvimento de projetos culturais da região da Cuesta Paulista

O Instituto Jatobás divulgou hoje os selecionados para as Mentorias Individuais de Projetos Culturais da Cuesta Paulista, que acontecerão em junho de 2021.

As mentorias individuais tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de projetos culturais da região da Cuesta Paulista para aumentar as suas chances de seleção em editais e leis de incentivo e incentivar a participação no ProAC SP.       

Para se candidatar à mentoria, os interessados precisaram cumprir com dois requisitos: ter participado do curso Aprenda a Elaborar Projetos para Editais e Leis de Incentivo (que aconteceu online entre os dias 01 e 04 de junho, realizado em parceria com a Giallo MKT), ter pelo menos 2 anos de atuação e residir nas cidades da região (Anhembi, Areiópolis, Avaré, Barra Bonita, Bofete, Botucatu, Conchas, Itatinga, Lençóis Paulista, Pardinho, Paranapanema, Pratânia, São Manuel e Torre de Pedra).

Foram disponibilizadas, primeiramente, 14 vagas contemplando 14 cidades da região da Cuesta Paulista (uma por município). No total, 20 projetos foram inscritos com a participação de 6 cidades da região: Pardinho (5), São Manuel (3), Avaré (1), Barra Bonita (1), Itatinga (1) e Botucatu (9). Não havendo a inscrição de todos os municípios da região, foram redistribuídos proporcionalmente aos candidatos, atendendo a todas as cidades inscritas.   

A avaliação foi realizada de acordo com três critérios: impacto no cenário cultural e na formação de público, atuação do proponente de acordo com a projeto e viabilidade da proposta.Como critério de desempate foi considerado o nível de instrução do candidato, priorizando os iniciantes e/ou com menor conhecimento em estruturação de projetos.

 

Conheça os selecionados

 

Nome Município
Rodrigo Negrão Avaré
Maria aparecida candido v. de França Barra Bonita
Roberta da Silva Sartor Botucatu
Lívia Maria Nicomedes Conceição Botucatu
Tiago de Oliveira Soares Botucatu
Guilherme de Moraes Corrêa Botucatu
Hélio Samuel de Arruda Albano Itatinga
Roseli Cristina Castelo Pardinho
Roberta / Marcelo Naudi Pardinho
Paulo Roberto Amaral Lencioni Pardinho
Fabíola Cézar Souza Pardinho
Bruno Pilan São Manuel
Anderson Alves de Almeida São Manuel
Celisa Maria Bertáglia Luizetto São Manuel

A equipe do Instituto Jatobás entrará em contato com cada um para agendar as mentorias que acontecerão na segunda quinzena de junho de 2021.

Curso de Elaboração de Projetos Culturais está com inscrições abertas

EconomiaCriativa Capa

Os participantes moradores da região da Cuesta Paulista poderão participar da seleção para vagas de mentoria individual

Nos dias 01, 02, 03 e 04 de junho, das 18h às 20h30, acontece o curso online “Aprenda a elaborar projetos para editais e leis de incentivo”, oferecido pelo Instituto Jatobás e com realização da Giallo Marketing. 

Artistas, produtores culturais e/ou empreendedores das áreas cultural, artística e criativa são o público alvo, com o intuito dar suporte a colocar suas ideias no papel e aproveitando a abertura do  do ProAC-SP para inscreverem os seus projetos. “O ProAC é uma das políticas públicas culturais mais importantes do estado, e conta com uma cota de 50% para projetos de fora da capital paulista, o que amplia as chances dos produtores do interior acessarem esta oportunidade. Capacitar os artistas e produtores culturais são pilares fundamentais para auxiliar na promoção da economia criativa como uma alternativa para o desenvolvimento”, afirma Madalena Carneiro, gestora de projetos do Instituto Jatobás. 

Somando 10 horas de conteúdo, o curso vai abordar os temas de Contexto de Leis e Editais de Cultura, como pensar um projeto cultural desde o início, a estrutura de projetos, o passo a passo para a elaboração, as etapas de produção, o orçamento, o plano de comunicação e a documentação. Quem ministra as aulas é Luanda Bonadio, fundadora da Giallo Marketing e especialista em Gestão e Produção Cultural com mais de 20 anos de experiência multidisciplinar e atuante em de áreas de Marketing, Comunicação, Cultura e Terceiro Setor e assessoria a artistas, equipamentos culturais e organizações sociais de cultura no uso estratégico da Comunicação e do Marketing, na Formatação de Ideias e Produtos e em Cursos sobre Leis de incentivo à Cultura. 

A transmissão das aulas será ao vivo e haverá interação com a professora. Importante destacar que a oportunidade é única, uma vez que os encontros não serão gravadas nem disponibilizadas fora do horário.  As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 31/05 pelo formulário http://bit.ly/projetoparaeditais.

Projetos da Cuesta Paulista poderão participar da seleção para mentoria individual

Ainda há uma oportunidade extra exclusiva para quem participar do curso e for morador das cidades da Cuesta Paulista para aprimoramento do seu projeto. O Instituto Jatobás disponibilizará 14 vagas (uma para cada município da região) para mentoria individual.  

Para participar da seleção, o candidato além de assistir ao curso, o projeto também precisará atender os critérios de viabilidade da proposta, atuação compatível com o proposto, ter o histórico de atuação de pelo menos 2 anos e ser morador de uma das seguintes cidades: Anhembi, Areiópolis, Avaré, Barra Bonita, Bofete, Botucatu, Conchas, Itatinga, Lençois Paulista, Pardinho, Paranapanema, Pratânia, São Manuel e Torre de Pedra

A iniciativa faz parte das ações de fomento à Economia Criativa na região da Cuesta Paulista que teve como sua primeira ação o Mapeamento Economia Criativa – Cuesta Paulista, realizado pelo Instituto Jatobás, juntamente com a Giallo Marketing e Instituto Locomotiva e apoio do SEBRAE. Aplicada em abril de 2021, a pesquisa contou com 407 participantes e terá seus resultados apresentados em julho, em evento de lançamento com data a ser marcada. 

O estudo também será utilizado para fundamentar um Plano de Desenvolvimento e Fortalecimento Econômico Regional. Diversas Prefeituras, o Sebrae e o Pólo Cuesta são apoiadores da iniciativa. 

 

Skip to content